(11) 3866-5644

Departamentos

Tire suas Dúvidas

Como o "tira dúvidas" o Clube CASA TONI espera ajudar tanto aos profissionais da área, donas de casas e demais interessados no esclarecimento de problemas comuns quando se pinta qualquer parede - seja ela residencial, comercial ou industrial - os problemas acabam sendo os mesmos.

Também consideramos importante agregar algumas outras informações, que certamente serão úteis no entendimento deste universo de pigmentos, resinas, diluentes e aditivos que são as TINTAS e VERNIZES.

1. Composição Química de Tinta e Verniz:
Tinta - É uma composição química formada por pigmentos, resinas, diluentes e aditivos, que ao ser aplicada forma uma película fina sobre a superfície, com a finalidade de colorir, proteger e embelezar.
Verniz - Tem a mesma composição química da tinta, porém sem pigmentos.
Pigmentos - São partículas sólidas e insolúveis. Os pigmentos ativos conferem cor e poder de cobertura à tinta, enquanto os inertes se encarregam de proporcionar lixabilidade, dureza, consistência e outras características.
Resinas - São responsáveis pela formação da película protetora na qual se converte a tinta depois de seca. Podem ser:
Resinas de dispersões ou emulsões aquosas - são utilizadas em tintas látex, acrílicas e seus complementos - como Acetato de Polivinila (PVA), Poliacrílicos Puros, Copolímeros Acrilicoestireno, Vinil Acrílico, etc.
Resinas alquídicas - são utilizadas em tintas a óleo, esmaltes sintéticos e complementos.
Resinas epóxi e poliuretanas - são utilizadas em produtos mais sofisticados.
Diluentes - Também chamados de solventes, são líquidos voláteis utilizados em diversas fases de fabricação e conferem à tinta as condições ideais de pintura, visando facilitar sua aplicação, o seu alastramento, etc.
Nos produtos látex e acrílico o diluente é a ÁGUA potável.
Nas tintas a óleo e esmaltes sintéticos o solvente orgânico mais usado é AGUARRÁS
Aditivos - São produtos químicos sofisticados com alto grau de eficiência, e capazes de modificar as propriedades da tinta. Os mais comuns são: secantes, antiespumantes, antissedimentantes, antipele, bactericidas, fungicidas, etc.
2. Qualidade das Tintas X Características Fundamentais:
As características técnicas que permitem ao consumidor avaliar a qualidade de tintas, vernizes e complementos, são:
Estabilidade - O produto tem que se manter inalterado durante o seu prazo de validade.
Cobertura - Capacidade em ocultar a cor de fundo. A diluição interfere nesta propriedade, por isso a diluição deve ser feita conforme indicado pelo fabricante. Este item não se aplica aos vernizes.
Rendimento - Área que consegue pintar com um determinado volume de tinta, expresso m² / galão ou lata / demão.
Aplicabilidade ou Pintabilidade - Facilidade de aplicação, isto é, o produto não deve ocasionar respingamento e escorrimento da tinta.
Nivelamento ou Alastramento - É a propriedade que a tinta possui de formar uma película uniforme, sem deixar grumos na aplicação.
Secagem - É o processo pelo qual uma tinta em seu estado líquido se converte em uma película sólida.
Lavabilidade - Qualidade em resistir à limpeza com produtos de uso doméstico sem afetar a integridade da película.
Durabilidade - Resistência que a tinta deve ter sob a ação das intempéries como sol, chuva, maresia, etc.

ABRAFATI - Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas
É o órgão responsável pela implementação e administração do Programa Setorial da Qualidade - PSQ sobre Tintas Imobiliárias. A utilização dos produtos avaliados pela ABRAFATI é uma garantia da utilização de produtos com qualidade.
A ABRAFATI também divulga sistematicamente quais são os fabricantes de tintas participantes e qualificadas pelo PSQ. E as marcas que estão fora da conformidade.
Confira no site: www.abrafati.com.br

Empresas Qualificadas (até março/08):
CORAL / DACAR / EUCATEX / FUTURA TINTAS / HYDRONORTH / IQUINE / KILLING / LOBO TINTAS / RENNER / RESICOLOR / SHERWIN WILLIAMS / SUVINIL e UNIVERSO.

Mercado Brasileiro:
O mercado brasileiro está entre os 5 maiores mercados do mundo, com ampla possibilidade de crescer rapidamente, já que o consumo per capita anual é muito pequeno com cerca de 5,5 litros, e nos países desenvolvidos o consumo per capita situa-se acima dos 10 litros anuais.
É importante salientar que as tintas produzidas no Brasil apresentam qualidade similar à dos países desenvolvidos pois são produzidas com o mesmo nível de tecnologia, e utilizam os mesmos princípios de formulação, matérias primas e processos de fabricação.
3. Diferenças das Tintas X Indicação de Uso:
Látex PVA:
São solúveis em água e possuem acabamento fosco aveludado (FO). São indicadas para acabamento (pintura, decoração e proteção) de superfícies de alvenaria em ambientes externos e internos, onde se deseja um fino e discreto acabamento. Seu acabamento fosco permite disfarçar melhor as ondulações das superfícies.

Acrílicas:
São solúveis em água e possuem acabamentos: semibrilho (SBr), acetinado (AC) e fosco (FO). São indicadas como acabamento (pintura, decoração e proteção) de superfícies de alvenaria em ambientes externos e internos, onde se deseja um acabamento mais requintado e com superior durabilidade e facilidade de limpeza.

Esmaltes:
Os sintéticos são solúveis com aguarrás e desde 2005 também passaram a ser solúveis em água, oferecendo acabamento brilhante (BR), acetinado (AC) e fosco (FO). São indicados para acabamento (pintura, decoração e proteção) de superfícies de madeira, metal e até mesmo alvenarias, onde se deseja um acabamento liso e com maior resistência e durabilidade. O acabamento acetinado é indicado preferencialmente nos acabamentos internos, por ser mais requintado.

Vernizes:
São solúveis com aguarrás e são indicados para realçar os veios naturais dos diversos tipos de madeiras. Não oferecem cobertura, apenas decorando as superfícies e propiciando acabamentos brilhantes (BR), acetinados (AC) e foscos (FO). Ajudam a aumentar o tempo de vida útil e durabilidade das madeiras.

Texturas:
São revestimentos acrílicos, solúveis em água indicadas para superfícies internas e externas de alvenaria, apresentando diversos tipos de efeitos singulares e decorativos nos mais diversos tipos de ambientes.

Sistema Tintométrico:
É composto por tintas bases e corantes especiais para a obtenção da cor escolhida do catálogo ou qualquer cor e tonalidade obtida através do espectrofotômetro.
Permite rapidez, precisão e reprodutibilidade na fabricação de mais de 6.000 cores nos seus principais produtos Látex PVA, Acrílicas, Esmaltes e Textura Acrílica.
Cada cor contém uma fórmula onde estão indicadas qual a tinta base a ser usada, quais os corantes e em que quantidade devem ser adicionados para cada tamanho de embalagem disponível: ¼ de galão, galão e lata.
Este sistema possibilita a obtenção da mesma cor para diferentes superfícies, tais como metais, madeira, alvenaria e outras, e com isso permite a combinação de cores ente móveis, paredes, tapetes, cortinas e outros itens de decoração.
4. Como escolher a tinta certa para cada superfície:
Áreas Externas:
1. Canos e Calhas de PVC:

Se a área a ser pintada for pequena - use spray para plástico.
Se a área for grande - use um fundo especial para plástico e, depois, tinta esmalte.

2. Fachadas e Muros:
A opção mais comum são as tintas acrílicas que são ideal para pintura e repintura externa de reboco, massa acrílica, texturas, concreto e fibrocimento. Existem tintas especiais para fachada e exterior - também com base acrílica, porém mais resistentes e com maior durabilidade.
Há também a tinta emborrachada ou elástica, que impede a penetração de umidade, além de acompanhar a dilatação e retratação da argamassa sob mudança de temperatura.

3. Lajes:
As tinta acrílica impermeabilizante próprias para lajes são as mais indicadas porque evitam infiltrações, aquecimento e tem elasticidade para acompanhar os movimentos de dilatação e retração da superfície.

4. Pisos:
O recomendado são as tintas acrílicas específicas para piso, ideal para garagem e estacionamentos, com resistência ao desgaste ocasionado pelo fluxo de pessoas e veículos.

5. Portas e Janelas:
Os esmaltes sintéticos - são usados para colorir. Já os vernizes e stain - são usados quando se deseja manter a cor natural da madeira. Se o produto escolhido tiver água (acrílicos) em sua composição, em vez de solvente (aguarrás), a tinta secará mais rápido e o odor será bem mais fraco do que os produtos à base de solvente.

6. Portões de Metal:
A melhor opção são os esmaltes sintéticos, porém sem esquecer do tratamento e proteção antiferrugem com o uso de primer (zarcão) ou fundos antioxidante. A secagem é rápida, em cerca de uma hora, e o local pintado fica protegido com uma película impermeável. Se a porta ou portão for feito de material galvanizado, é preciso de um fundo para galvanizados antes de receber o esmalte.

7. Telhados:
Por estarem expostos à ação da chuva, do sol e do vento, o produto mais indicado para proteger e embelezar os telhados são as resinas acrílicas. Elas são encontradas em várias cores, como telha, cinza, azul e champanhe, entre outras.

Áreas Internas:
1. Azulejos:

Para mudar o visual dos azulejos, seja de cozinhas ou de banheiros, basta usar tinta específica para este tipo de superfície - tinta epóxi, que protege contra a umidade.

2. Forros de Madeira:
Utilize verniz ou stain semitransparente, que deixa a madeira natural e protege contra o mofo.

3. Gesso:
Existem tintas acrílicas específicas para superfícies de gesso, que fixam as partículas soltas e evitam o amarelamento da pintura.

4. Paredes de Alvenaria:
Se as paredes precisarem de limpeza constante, o ideal é optar por uma tinta superlavável - tinta acrílica, de preferência com acabamento brilhante, semibrilho ou acetinado. As de acabamento fosco escondem mais os defeitos como ondulações das superfícies. As de látex PVA, geralmente são mais econômicas, porém menos resistentes do que as acrílicas.
Outra opção são as texturas acrílicas, que já vêm prontas para a aplicação, ou ainda utilizadas com gel de efeitos especiais (ou envelhecedor) que dão um toque de sofisticação e requinte aos ambientes.
Porém não devem ser utilizadas em todas as paredes, o recomendado é de apenas uma das paredes receba este tipo de acabamento - o ideal é a parede que não tenha portas e janelas - criando um ambiente elegante.

5. Tetos:
A tinta mais indicada é a acrílica fosca - sem brilho. Para os ambientes úmidos, como banheiro e cozinha, o ideal é usar uma tinta acrílica para tetos, que é mais resistente à unidade e combate o mofo.
5. Carrinho de Compras
5.1. Com qual cor posso pintar minha casa? 5.2. Como repintar minha casa? 5.3. Qual tinta devo usar para pintar minha casa? 5.4.Existe uma ordem para pintar um ambiente? 5.5.Que tipo de rolo devo usar? 5.6.Que tipo de trincha (pincel) devo usar? 5.7.Como pintar uma parede com riscos de caneta? 5.8.A pintura sobre papel de parede é recomendada? 5.9.Pode-se pintar após a retirada do papel de parede? 5.10.Como pintar tetos de banheiro com mofo? 5.11.É possível transformar uma tinta que eu já tenho em antimofo? 5.12.Qual tinta deve ser usada na pintura de uma superfície de fórmica? 5.13.Qual tinta é recomendada e qual o procedimento para pintar tubos de plástico PVC? 5.14.Qual o benefício do uso de Fundos ou Seladoras sobre a Massa Acrílica ou Corrida? 5.15.É necessário aplicar Fundo Preparador para Paredes sobre a tinta antiga? 5.16.Como repintar paredes que necessitam de correções de Massa Corrida ou Acrílica? 5.17.A Massa Acrílica ou Corrida, Tinta Acrílica ou Látex PVA podem ser aplicadas sobre a madeira? 5.18.O Thinner pode ser utilizado para diluição das tintas Esmalte Sintético, tinta a Óleo ou Verniz? 5.19.Qual é a diferença entre Tinta Acrílica e Látex PVA? 5.20.A Tinta Acrílica pode ser aplicada pura, sem diluição? 5.21.A Tinta Acrílica pode ser aplicada sobre Massa Corrida? 5.22.Posso usar Tinta Óleo ou Esmalte em paredes de alvenaria? 5.23.O que é o Verniz Filtro Solar? 5.24.O Verniz Marítimo ou com Filtro Solar são recomendados para pintura em Deck de Piscina ou Embarcações? 5.25.É possível conservar Materiais de Pintura após o uso? 5.26.O que faço com a tinta que sobrou?
6. Solucionando defeitos em Pintura:
6.1.Bolhas: 6.2.Crateras: 6.3.Desagregamento: 6.4.Descascamento: 6.5.Eflorescência: 6.6.Enrugamento: 6.7.Fissuras: 6.8.Manchas amareladas em áreas internas: 6.9.Manchas causadas por pingos de chuva: 6.10.Manchas e retardamento na secagem da madeira: 6.11.Manchas escuras provenientes de mofo: 6.12.Saponificação: 6.13.Trincas de estrutura: 6.14.Trincas e má aderência em madeira:

OU AINDA, TIRE SUAS DÚVIDAS - ENVIANDO SEU E.MAIL:
Envie seu E.mail, escolhendo a opção que melhor se aplique à sua necessidade. Em breve, um dos nossos atendentes estará respondendo sua solicitação.

enviar email

Formas de Pagamento

Itau - Forma de Pagamento Boleto - Forma de Pagamento Visa - Forma de Pagamento Master Card - Forma de Pagamento Dinners Club - Forma de Pagamento AMEX - Forma de Pagamento
Todo site em até 10X sem juros, com parcela mínima de R$ 50,00. Preço e condições exclusivas para compras pela INTERNET.
A política de crédito das lojas da CASA TONI não estão vinculadas as da loja virtual WEB TONI.